A Higiene Oral tem vindo ao longo dos anos a assumir uma grande responsabilidade na área da prevenção e diagnóstico das doenças orais e tratamento de doenças que envolvam gengivas (gengivite, periodontite).
socialbox
home
historial
clinica
equipa
historial
local
contacte
Mais Noticias
Home | Historial | A Clinica | A Equipa | Áreas Clínicas | Localização | Contate-nos
Praceta Bento Gonçalves, nº 18 - Piso Intermédio, Dto - 2805-101 Almada
Telef.: 21 275 7319 | 21 275 54 30 | Fax: 21 272 3889 | e-mail:
geral@dentoral.pt
Todos Direitos Reservados © Dentoral 2012
Desenvolvido por DESIGN4US Project
O Higienista é, também, fundamental no acompanhamento do tratamento ortodôntico, em todo o processo que envolve a reabilitação oral (implantes, coroas) e nas idades mais jovens para a sensibilização da saúde oral.

É da responsabilidade do Higienista adaptar, através
de ensinos, as técnicas de higiene diária a cada paciente, de modo a que este consiga executá-las no seu dia-a-dia eficazmente.
Quantas vezes por ano se deve realizar uma consulta de Higiene Oral? É aconselhável realizar consultas de Higiene Oral de 6 em 6 meses. Nessas consultas será feita prevenção de doenças orais (como por ex. a cárie dentária, gengivite, perda dos dentes), diagnóstico de cáries dentárias ou outras doenças que necessitem de encaminhamento para Médico Dentista, Raio-X, tratamento de problemas gengivais, remoção de manchas exógenas (tabaco, café, chá), branqueamento, selantes de fissuras em crianças, etc. Para pessoas com implantes dentários e aparelhos ortodônticos é, igualmente, de extrema importância a manutenção em Higiene Oral.

Fazer Higiene Oral "enfraquece" o esmalte dos dentes? Não! Nenhum procedimento na consulta de higiene oral prejudica o esmalte dos dentes.

A consulta de Higiene Oral é dolorosa? Não. Hoje em dia, nenhum dos procedimentos usados em Medicina Dentária deverá causar dor. A anestesia e as pastas dessensibilizantes proporcionam, durante toda a consulta, bem-estar e conforto para o paciente.

Tenho sensibilidade aos frios. O que fazer? Em primeiro lugar, deverá realizar uma consulta de Higiene Oral para remover todo o tipo de foco infeccioso e/ou corrigir habítos que possam estar a causar esse problema. Depois de avaliado o seu caso, serão-lhe indicados quais os melhores procedimentos e produtos a utilizar no seu dia-a-dia.

Mesmo com prótese dentária é necessária esta consulta? Sim. As suas próteses e gengivas necessitam ser vigiadas. Em casa, existem alguns cuidados diários a ter com as próteses. Nesta consulta, serão-lhe aconselhados os hábitos que deverá adoptar.
É de extrema importância a visita ao Higienista Oral, no mínimo, duas vezes por ano.
A Higiene Oral tem vindo ao longo dos anos a assumir uma grande responsabilidade na área da prevenção e diagnóstico das doenças orais e tratamento de doenças que envolvam gengivas (gengivite, periodontite).